O DESAFIO DA MUDANÇA ALIMENTAR NA CRIANÇA E ADOLESCENTE 

 

menino-brincando-feliz-no-balanco.jpeg
jovem-mulher-estudante.jpg

Nos 15 anos de experiência em atendimento nutricional, a nutricionista Laura tem a proposta de tratar a obesidade de forma profissional. Obesidade não é somente uma questão estética ou o que vemos, mas pode envolver questões orgânicas e emocionais mais profundas. Não existe dieta para a criança, por isso, um esforço em conjunto envolvendo família, equipe médica e nutricionista é o melhor caminho para o tratamento. A cada consulta, a obesidade será desmistificada, como por exemplo, acreditar que a criança se tornará responsável rapidamente pelo que come ou ainda que o estirão do crescimento faz a obesidade “passar”.

O comportamento alimentar também deverá ser tratado. Isso inclui a forma como a criança se alimenta em sua rotina diária, a alimentação dos finais de semana e uma das principais queixas: a recusa em comer frutas, verduras e legumes.